Mais sobre sessão Ginsberg e beat

Só para complementar, a propósito da sessão beat / Ginsberg na livraria Travessa no Rio, já divulgada em https://claudiowiller.wordpress.com/2012/03/27/semana-beat-palestra-na-livraria-travessa/ :

  1. O poema “Kral Mahales” que traduzi, postei em  https://claudiowiller.wordpress.com/2012/04/08/um-poema-de-ginsberg/     e li aquela noite, o poeta Assis de Mello me enviou um link  interessantíssimo, Youtube, é claro, com o próprio Ginsberg lendo o poema, precedido por um leitor tcheco, Mikuláš Pánek:  http://www.youtube.com/watch?v=LUIE8jrYqZA
  2. O mesmo Assis de Mello – poeta atento, como podem  ver – me enviou o link com um artigo sobre esses episódios da farra e expulsão da Tchecoslováquia de Ginsberg, contando tudo – inclusive os  trechos do diário dele que a polícia apreendeu e depois – sacanagem – entregaram para a publicação, com uns relatos bem íntimos: http://www.rotten.com/library/bio/authors/beats/allen-ginsberg/
  3. Transcrevo a mensagem que Roberto Bicelli me enviou  relatando as sessões– respeitada a grafia bicelliana: “a palestra do  willer e a minha foram extremamente bem recebidas por um público predominantemente jovem, que interagiu maravilhosamente conosco. muito bacana, caríssimos amigos do rio lá presentes! entre outros: xico chaves, claufe rodrigues, augusto guimaraens, patricia v. penha. thalles machado  horta, mônica montone, chacal, carlos lima, heyk brauner pimenta, dois jovens amigos de timbó (conhecedores da vida e obra do Bell, um deles é o jano moskors) e inúmeros outros muito participantes e de quem, lamentavelmente, não retive os nomes. adrenalina! agradecimentos à livraria travessa(benjamin e equipe) e à editora livros  de safra (marcelo e adriana melo).”
  4. De  Benjamin da livraria Travessa, e-mail começa assim: “Prezado Claudio,  foi um prazer te conhecer pessoalmente e muito obrigado por sua excelente  palestra, que repercute até agora na Livraria!”
  5. O tópico escabroso, o relato que postei no Facebook sobre como é, atualmente viajar de avião nesse trajeto, pela Gol: “Essa minha última viagem ao Rio, para dar palestra  sobre Ginsberg – ida segunda-feira à tarde, dia 9, check-in da Gol estava m caos indescritível, algo dantesco, multidão, fila estendendo-se até o  outro saguão, aquele do embarque, se tivesse bagagem para despachar e não fosse prioritário, sei lá quando seria atendido. Horas de atraso por causa  de tempestade sobre Santos Dumont, fiz cara de conferencista famoso, puderam-me num vôo que sairia antes, mesmo  assim cheguei à Livraria Travessa às 20 h, horário da palestra. Dia   seguinte, o retorno, dia normal, mas uma hora de atraso e pelo menos 40 minutos o avião esperando a vez para decolar. Ao que consta, em 2014 haverá Copa do Mundo: acho inviável, não há condições – podem terminar construção   de estádios, mas com infraestrutura desse jeito, será um desastre. Se não corrigiram até agora, em dois anos é que não vão conseguir. Bando de   irresponsáveis – ANAC, Infraero, governo todo, companhias aéreas.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: