Taxistas incentivam a leitura

São do ponto da rua Wisard, esquina com a Fradique Coutinho, Vila Madalena: taxistas que recebem doações de livros. Deixam no banco do carro. Se o cliente quiser ler, lê. Se quiser levar, leva. E, se quiser, pode trazer de volta e levar outro.

Quem descobriu foi a artista plástica Maninha Cavalcante.

Esteve aqui a taxista Tatiana. Celular dela é 7859-0889. Também fazem isso os taxistas Ricardo, Sonia, Flávio, do mesmo ponto.

Os telefones do ponto são 3812-4066 e 3032-6708.

Incentivemos.

E também as bibliotecas comunitárias, o vigia de um prédio aqui em frente recebia doações, mas saiu, mudou de emprego.

Iniciativas populares oferecem contraste com bibliotecas escolares mal equipadas e fechadas, e com as bibliotecas inexistentes em alguns cursos universitários.

Há outras boas iniciativas – vi na TV, o ponto de troca de livros na Praça da República – deviam manter e ampliar. E, é claro, as bibliotecas em estações do metrô, do Instituto Brasil Leitor – pessoal retira e devolve direitinho. E mais: livros de poesia tem percentual alto de retirada. Leitores gostam de poesia – quem não gosta são livreiros e atendentes em livrarias (sobre livreiros e atendentes, ainda pretendo postar alguns comentários)

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Que legal, a literatura anda de taxi!! Um bj!

    Responder

  2. Muito bacana. Vou dar um jeito de iniciar isto aqui em Curitiba, levando alguns livros para doar nas redes de táxi! (-:

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: