Libertinagem e civilização, moralismo e decadência

De Pierre Louÿs, no prefácio de Afrodite – Romance de costumes antigos (Ediouro):

“O amor, com todas as suas conseqüências, era para os gregos o sentimento mais virtuoso e mais fecundo em grandeza. […] Heródoto (1,10) diz-nos muito naturalmente: ‘Entre alguns povos bárbaros, é uma vergonha aparecer nu no meio da gente.’

Nessa perspectiva, seríamos bárbaros (somos). Pierre Louÿs inverteu o argumento conservador, associando “decadência” de costumes à decadência de nações:

“ […] parece que tanto o gênio dos povos, como o dos indivíduos, será, antes de tudo, sensual. Todas as cidades que reinaram como soberanas no mundo, Babilônia, Alexandria, Atenas, Roma, Veneza, Paris, foram por lei geral tanto mais libertinas quanto mais poderosas, como se tal dissolução se fizesse necessária a seu esplendor”

De fato: o Império Romano alcançou sua extensão máxima por volta de 100 d.C, sob Trajano e Adriano – portanto, depois de ser governado por libertinos espantosos, como Tibério (o pior de todos, pedófilo desenfreado), Calígula e Nero. Não é para elogiar esses déspotas, mas apenas para mostrar que os moralistas conservadores entendem a história ao contrário.

De Pierre Louÿs, também, As canções de Bilitis, sua obra mais conhecida, e Manual de boas maneiras para meninas (Azougue), muito instrutivo.

Queremos ser uma sociedade mais próspera, uma nação mais forte, uma civilização superior? Liberemo-nos.

Anúncios

2 responses to this post.

  1. muito interessante essa perspectiva. não havia atinado para essas relações entre libertinagem e desenvolvimento. um bom tema para mestrado ou doutorado; merece aprofundamento.

    Beijosss!!!

    Responder

  2. Realmente… a libertinagem eleva os mesmos hormônios da felicidade, do bem estar, da antidepressão (sem hífen?). Melhor aproximarmos o termo à liberdade, à plenitude dos sentidos, à realização de fatos e obras. Libertinagem como entendida hoje é um termo terrível…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: