É inacreditável

Transcrevo:

Facebook impede uso de “Guarani-Kaiowá” como sobrenome

11 de Janeiro de 2013 17h03 atualizado às 17h06

    1. A rede social passou a bloquear tentativa de incluir a etnia entre os nomes do usuário Foto: Reprodução

A rede social passou a bloquear tentativa de incluir a etnia entre os nomes do usuário
Foto: Reprodução

 

A prática de mudar o nome de usuário no Facebook em demonstração de apoio à causa indígena da etnia Guarani Kaiowá está sendo impedida pela rede social. Quem tenta alterar seus dados como forma de suporte às tribos indígenas – movimento que se popularizou recentemente – se depara com uma mensagem informando sobre as regras do site, que exige das pessoas seus nomes reais.

Infográfico: Confira curiosidades sobre o Facebook e seu bilhão de usuários

“Exigimos que todos usem seus nomes reais no Facebook”, informa a página, que em seguida mostra um link em que detalha suas regras.

Sem mencionar a polêmica, a página do Facebook Brasil explicou que “é fundamentado na cultura da identidade real, e usar nomes falsos significa violar nossos termos. É graças a essa regra que podemos garantir um ambiente mais seguro.”

Apesar da impossibilidade de adicionar termos como Guarani-Kaiowá nos campos destinados ao nome e sobrenome, é permitido aos usuários adicionar um nome alternativo – ou apelido – à sua linha do tempo. Dessa forma, é possível incluir a etnia indígena entre os nomes pessoais.

Copiei de

Deu em http://tecnologia.terra.com.br/internet/facebook-impede-uso-de-guarani-kaiowa-como-sobrenome,570f65f89fa2c310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

Será que Luiz Felipe Pondé faz parte da diretoria do Facebook? Ou a rede social é controlada pela Sociedade Rural Brasileira? Dirigentes do Facebook sentem um prazer masoquista ao serem caraterizados como repressores obscurantistas?

Em tempo (acrescentado algumas horas mais tarde):

Corroborando, de Márcia Tupiguara Fernandes: O pior é que é verdade. Tentei renomear o meu com Guarani, e o facebook não deixou, argumentando que só aceita “nomes reais”. Então fiz combinações, como essa : Tupiguara, e não houve problemas

– Preciso observar o quanto esse argumento do Facebook Brasil é soberanamente idiota? Boa parte dos que se registram no Face usam pseudônimos, e não há como contr9olar isso. E se, por exemplo, a Celia Musili se registra como Célia Musili Guarani-Kaiowá, ela continua tão Célia Musili como antes …

Anúncios

6 responses to this post.

  1. Pois é Willer, tb me lembrei da “campanha” do Pondé. O fato é que a face retrógrada do Facebook encontra ecos por aí, gente que desconstrói o sentido de identidade do Brasil a partir de suas origens. Lamentável. E a PM pode, a qualquer momento, voltar a fazer o cerco ao Museu do Índio, no Rio, para obrigar os indígenas a deixarem o local que será transformado em estacionamento do Maracanã, com vistas à Copa. Torço para que notícia repercuta já e muito mal no exterior, empanando o brilho deste outro “Cabral” que se sente “dono da terra”. No Descobrimento, como agora, o que está em jogo é a grana, muita grana, e dane-se a ética dos povos e das relações humanas. O governo federal tb tem grande parcela de responsabilidade sobre estas sucessivas violências contra os índios brasileiros, passou da hora de deixar bem clara a questão da posse e demarcação de terras, bem como definir as políticas públicas que tirem os índios da situação em que estão hj. Enfim, uma longa novela que se arrasta sem solução há décadas, enquanto aumentam os conflitos.

    Resposta

  2. O cerceamento à liberdade fere os direitos individuais e coloca os reclamos da sociedade moderna no banco do regra três! Absurdo e retrocesso cultural. Qual o interesse em não difundir os direitos indígenas na cidadania nacional?

    Resposta

  3. Posted by Ruth on 13/01/2013 at 12:38

  4. Posted by Ieda on 13/01/2013 at 14:46

    Vejo a mudança ou alteração de nome em geral também como uma brincadeira, exercício de liberdade/ludicidade a que o face naturalmente se presta . É aproveitar uma onda de protesto e solidariedade, que é positiva. O que tem de mais curtir, misturar nossos nomes com os das nossas tribos, são tão sonoros e é bom lembrar, elas estão aí.

    Resposta

  5. o Face book tem cada uma que até parece duas

    essa de nome “verdadeiro” é de lascar
    eu até concordaria se fosse mesmo obrigatório usar o nome verdadeiro
    mas isso está longe de acontecer

    deve ser Pondé e mais alguns da Veja pressionando a turma desorientada do FB – só pode srsrsr

    Resposta

  6. Procurem por um grupo meu chamado “Cale a Boca, Facebook!” e entrem nele, por gentileza!

    Desde já, grato a todos pela atenção e interesse!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: