Dois poemas e um link

Da leitura de meus poemas na sexta-feira dia 25 no Centro Cultural, o Menu de Poesia, dois agradaram especialmente, pela qualidade da leitura e originalidade da escolha.

Um deles, selecionado e lido por Máh Luporini: parte de uma série mais longa, “Escritos ontem”, de Estranhas Experiências; uma poética ou declaração de princípios.

O outro, “Persona”, escolhido por Célia Musili da série “Cinemas”, do próximo livro, A verdadeira história do século 20: recente, 100% inédito, nunca apresentado em público.

Reproduzo-os:

ESCRITOS ONTEM

[…]

3

o Sol será nosso                                                         pois o merecemos
o centro do universo fica aqui
resistimos                                                                             
pelo sagrado direito ao sonho                       
e todos os seus mundos        
resistimos                                                                             
operações mágicas continuarão lícitas
      neste dia de sombras vivas que se confundem com a alma                                    
todos os seus desejos se realizarão
o que você pedir lhe será dado                     
profecias se cumprirão
outros poemas

 

PERSONA

os monólogos,
sempre
os monólogos:
são como sonhos que flutuam, o profundo os atrai,
              eles repetem:
que a condição humana é um modo da indecisão
                            ou um pedido de desculpas por estar aí
“o sonho desesperançado de ser”: vertigens
e também aquela extrema elegância das coisas realizadas na década de 1960
            assim como a perfeita linguagem das mãos
           e os rostos com a limpidez das piscinas ao sol
isto é cinema tátil:
                 foi criado para ser percebido pelos sentidos secretos da imaginação
                    a tela produz palavras: fogo negro, insolação ancestral, vertigem
                                                 – eu sou a tela
(agradeço ao diretor por inspirar-me o mais hermético dos meus poemas)

As fotos de Emerson Moino Martins, documentando. Passou-me um link de página de internet, onde também estão gravados, além do Facebook. Vejam:

http://www.flickr.com/photos/76292171@N04/sets/72157632633225546/

Transmitem credibilidade.

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Sim, fizemos as escolhas, mas o mérito pela beleza dos poemas é e sempre será seu! um bj!

    Resposta

  2. Excelente, Willer, poemas que são grandes revelações! Belo encontro lá no Centro Cultural São Paulo!

    Resposta

  3. o “escritos ontem”, embora adoraria ouvir máh o lendo, fui eu que o fiz

    Resposta

  4. Posted by máh luporini on 02/02/2013 at 19:46

    fiz a correção, paulo
    li ‘a chegada do tempo’

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: