Rumos do jornalismo cultural: São Carlos, dia 13 de junho, quinta-feira

Conforme a notícia a seguir, da página da UFSCar, falarei na próxima quinta-feira sobre os rumos do jornalismo cultural (rumos? descaminhos? até lá, teremos mais notícias sobre modificações em jornais, semelhantes à que afetou o Sabático, ou seja, piorando-os) e outros temas – também direi algo sobre internet, blogosfera, este meu blog . Acompanhando Rinaldo Gama e Wilson Alves-Bezerra. Será um prazer retornar a São Carlos. Bons ares, bom ambiente (já coordenei oficina literária, dei palestra sobre geração beat e, recentemente, sobre Hilda Hilst). Agradeço por avisarem residentes na localidade e região.

O evento ocorrerá no Anfiteatro da Reitoria, na área Sul do campus São Carlos da UFSCar,  dia 13 de junho, a partir das 16h.  Outras informações  podem ser obtidas pelo email: cultural.proexufscar@gmail.com.

Fórum de debates

Mesa redonda na UFSCar debate os rumos do jornalismo cultural

  Wilson Alves-Bezerra

O jornalismo impresso, como se sabe, tem passado por transformações radicais com a massificação da internet e o crescente acesso ao conteúdo digital. Assim, grandes veículos como o Jornal do Brasil, Newsweek deixaram de circular em papel; outros, como o Jornal da Tarde foram extintos.

Porém, mais do que uma mera mudança de formato, trata-se de uma crise sem precedentes: “O desemprego é de 40 mil jornalistas nos Estados Unidos nos últimos anos, 7 mil na Espanha. É uma mudança revolucionária nos meios de comunicação. Estamos sendo testemunhas que a internet é uma mudança na civilização e afeta os hábitos dos consumidores muito mais do que imaginávamos”, afirmou Juan Luis Cebrián, presidente do jornal El País, em Assembleia da Sociedade Interamericana de Imprensa, em 2012.

A questão é ainda mais delicada no campo da cultura e literatura. A recente reforma levada a cabo por O Estado de São Paulo demonstra isso: um dos suplementos literários mais relevantes do Brasil, o Sabático, foi extinto em abril passado, em nome de “um jornal mais compacto”,  como justifica a circular interna que anunciou as mudanças.

                                                                                                                                    Essa é a problemática que o Fórum de Debates, promovido pela Coordenadoria de Cultura da UFSCar, buscará abordar. Para tanto, contará com a presença de duas importantes figuras do jornalismo e da cultura no Brasil: o jornalista e doutor em comunicação Rinaldo Gama, que já esteve à frente de cadernos como o recém-extinto Sabático, de O Estado de São Paulo, além dos cadernos Cultura e Aliás, do mesmo jornal. O outro debatedor é Cláudio Willer, que além de poeta é doutor em Letras, com importante atuação como resenhista, assessor de cultura em diversos momentos da vida cultural brasileira; atualmente mantém um blog sobre cultura e literatura, o Blog do Cláudio Willer.

 Wilson Alves-Bezerra é coordenador de cultura da UFSCar, onde também atua como professor no Departamento de Letras.

(Copiei de http://www.culturaproex.ufscar.br/menu-principal/bem-vindo )

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by moaciralencarjunior on 11/06/2013 at 22:18

    Estarei presente no evento…tenho certeza que será muito produtivo. Abraço

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: