Dossiê censura no Facebook 2

Reuni os dossiês a 11/08 – todos os casos ficam, portanto, em uma única publicação. 

Em tempo (postado a 07/08):  Resistência à censura no Facebook é assim: a gente vai denunciando, repercussão vai aumentando, como se vê por este link enviado por Elizabeth Lorenzotti, que inclui a Nina Simone de Floriano Martins :
http://www.bhaz.com.br/censura-de-volta/

Ia ampliar meu dossiê sobre censura no Facebook. Aquele:

https://claudiowiller.wordpress.com/2012/03/22/censura-no-facebook-um-dossie/

Mas ficou extenso demais – ultrapassou 60 casos. Então, melhor abrir um novo post. Perplexo – fazem questão de passar à história como retrógrados idiotizados. Imaginem só, censurarem aquela foto manjadíssima de Marilyn Monroe quando ainda era Norma Jean Baker, que já rodou o mundo infinitas vezes desde 1950. Além das notícias de jornal, quadros de museus, fotos de índios …

Em tempo (no dia seguinte): adiciono o excelente artigo de Eliozabeth Lorenzotti no Observatório de Imprensa: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/facebook_reintroduz_a_censura_no_brasil

Mantenho a sugestão de alerta para a tramitação do Marco Civil da Internet. Pode subordinar essas corporações à legislação brasileira nos tópicos da liberdade de expressão e privacidade. Ou não.

1. Postado por Celia Musili a 31/07:

No segundo ano consecutivo do Dia Pela Livre Manifestação do Nu no Facebook tivemos dezenas de fotos censuradas durante o protesto. Na minha página, duas de nu masculino, uma de cara fazendo xixi de costas numa praia e uma clássica do poeta Allen Ginsberg , que considero um meio-nu porque ele segura uma tabuleta na frente dos órgãos genitais. Isso me dá a certeza de que não há o menor critério quanto às imagens censuradas. As denúncias, na sua maioria, partem de usuários anônimos do FB que denunciam outros usuários, de acordo com a política de delação estimulada e instituída pela rede, coisa em si vergonhosa. Feita a denúncia não creio que os censores do FB analisem os casos, se o fizessem não censurariam a foto de Ginsberg que nem é exatamente um nu. Eles apenas acatam as denúncias e se alguém não vai com sua cara pode denunciá-lo por isso e não exatamente por sua postagem. Neste Dia do Nu tivemos, como disse, algumas páginas e postagens censuradas. Os bloqueios, que impedem os usuários de usarem normalmente a rede e funcionam como punição, variam de 24 horas a 30 dias, peguei 30 dias pela segunda vez, talvez porque seja uma reincidente contra à censura ao nu. Entre os amigos censurados tenho conhecimento dos seguintes casos: foram censuradas páginas e postagens das poetas Líria Porto e Prisco Rizzo, do fotógrafo (ex Estadão) Carlos Ruggi , do jornalista Luiz Carlos Lorencetti e da amiga que assina La belle de Jour, todos no dia do protesto. No dias subsequentes, houve remoção de imagens em outras páginas o que mostra que a delação e censura se acenderam após o Dia do Nu, entre eles cito censuras a fotos postadas por Elizabeth Lorenzotti e Cyntia Lopes que participaram ativamente da manifestação. Entres os casos mais gritantes e vergonhosos para o FB, cito a censura a nus de tribos indígenas. Não é mais possível tolerar este tipo de censura que é pura discriminação com outra cultura, que os “homens” do FB desconhecem e não compreendem. Isso se chama simplesmente intolerância e não devemos admiti-la sob hipótese nenhuma. Tenho um perfil 2 que uso quando sou censurada no meu perfil original e continuo na rede por teimosia e vontade de seguir na luta contra a ignorância de uma mídia da Idade Mídia!

2. Por Elizabeth Lorenzotti a 01/08:

Fui suspensa pelo Facebook por 24 horas. Depois de censurarem duas fotos – uma de Iansã e outra de indios – agora censuraram a clássica foto de Marilyn Monroe posando nua, quando ainda era Norma Jean. Esta última foto não postei nesta página, mas no Grupo contra a censura no Facebook, que é fechado. O Facebook estimula a delação, o que é um horror. Um artigo meu no Observatório da Imprensa sobre a censura no Facebook deve sair brevíssimo. Eu avisarei e passarei o link.

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Graças a seus dossiês , temos tudo documentado e organizado desde o ano passado quando começou o enfrentamento pela liberdade do nu..Grata.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: