PRA FRENTE BRASIL

Postei no Facebook críticas do supervisor técnico da Seleção, Carlos Alberto Parreira, à desorganização nos preparativos para a Copa. Estas:

http://www1.folha.uol.com.br/esporte/folhanacopa/2014/01/1403188-parreira-critica-organizacao-do-brasil-para-a-copa-do-mundo.shtml

Alguém comentou: “É grande a torcida para que tudo dê errado durante a Copa.”

Mas isso, torcida contrária, é algo que pode ser revertido.

Afinal, temos os recursos da publicidade para exercer influência positiva, predispondo mais gente em favor da Copa. Muita coisa boa já vem sendo feita. A TV Globo, concessionária da transmissão, tem dado logotipos, chamadas, inserções de empresas patrocinadoras, além de evitar o destaque às manifestações contra sua realização. A revista Veja publica, há meses, belos encartes sobre Copa, apresentando a seleção de cada país. Outros veículos colaboram, com informações e publicidade. Eminentes homens públicos como José Maria Marin empenham-se para que tudo dê certo. A imortal encarnação do ufanismo, Galvão Bueno, esse mago da oratória, inventará novos bordões, superará o “é suuuuuuuuuuua Taffarel!”. Foi criado o boneco “Tatu bom de bola” – como alguém pode ser contra uma gracinha dessas? Chama-se Fuleco…! Expressão da consciência ambiental, dizem seus criadores! Não, é mais! A síntese da identidade brasileira. E há logotipos maravilhosos, lindas músicas. Tudo isso trará resultados no momento oportuno.

Ainda assim, falta uma uma canção que efetivamente empolgue o povo. Talvez resgatar algo já criado, o lirismo incandescente dos versos de Don e Ravel:

As praias do Brasil ensolaradas
O chão onde o país se elevou
A mão de Deus abençoou
Mulher que nasce aqui
Tem muito mais amor

O céu do meu Brasil tem mais estrelas
O sol do meu país mais esplendor
A mão de Deus abençoou
Em terras brasileiras
Vou plantar amor

Eu te amo meu Brasil, eu te amo
Meu coração é verde, amarelo, branco, azul, anil
Eu te amo meu Brasil, eu te amo
Ninguém segura a juventude do Brasil

Que coisa linda, não é?

Dom e Ravel tangem seus alaúdes em outro lugar. Todavia, cabe também um bom hino oficial. Tragam de volta a contribuição de Luis Gustavo, outro vate tocado pela musa, ao nosso cancioneiro – basta atualizar a informação demográfica, agora há mais gente, muito mais torcedores:

Noventa milhões em ação
Pra frente Brasil
Do meu coração

Todos juntos vamos
Pra frente Brasil
Salve a Seleção

De repente é aquela corrente pra frente
Parece que todo o Brasil deu a mão
Todos ligados na mesma emoção
Tudo é um só coração!

Todos juntos vamos
Pra frente Brasil, Brasil
Salve a Seleção

“Pra frente Brasil” também é título de filme – por Roberto Farias, de 1982. Fiz parte do comitê contra a sua proibição pela censura. Se fosse exibidor ou emissora de TV, reapresentava. Ou não? Seria inoportuno? Poderia ser entendido como crítica à utilização política do esporte, como no Brasil de 1970, na Argentina de 1978, na Alemanha de 1936, na … ? Acho que não. Hoje, pode-se protestar contra o desperdício de recursos, estádios que são elefantes brancos como o de Natal RN, etc. Alguns talvez preferissem que manifestações pudessem ser controladas do mesmo modo como naquelas ocasiões passadas. Eu não.

O surrealista Benjamin Péret respondeu a uma enquete para o “Nouveau dictionnaire des contemporains”, no tópico “esporte praticado”: “nenhum, bastante meios de embrutecimento nós são dados sem recorrer aos esportes.” Em seguida, declarou, como distração predileta: “insultar padres”. Quanto aos esportes, discordo de Péret. Além de apreciar barcos a vela, acho que transmissões pela TV proporcionam espetáculos de elevado nível, como o jogo Ituano vs Santos de domingo passado. Disputas empolgantes entre torcidas entusiasmadas, como no Atlético PR vs Vasco ao final do Brasileirão. Enredos como esse dos valores da venda de Neymar. Instrutivos confrontos jurídicos entre rebaixados no Brasileirão. Amostras do que nos espera, do que vem aí nos próximos meses.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: