Piracicaba, a beira do Rio Piracicaba e os prédios invadindo a mata à beira do Rio Piracicaba

Piracicaba, a beira do Rio Piracicaba e os prédios invadindo a mata à beira do Rio Piracicaba

Repararam que os prédios da foto, nitidamente, avançam sobre a reserva florestal à margem do Rio Piracicaba, em Piracicaba? Foi tirada por Celia Musili, por sugestão minha – vista da janela do Nacional Inn onde se hospedaram participantes do evento surrealista no SESC-Piracicaba. Perguntei se houve alguma manifestação ou medida – nada, ao que parece, acham bom essas exibições de conforto dos novos ricos. Cidades do Interior precisam parar de copiar o pior da metrópole – aliás, aqui já não pode mais desse jeito, uns projetos de condomínios de luxo no Morumbi tiveram que restringir-se. Isso aí é legítimo estilo década de 1970 – quando, em Taubaté, prefeito mandou derrubar árvores na praça entre dois prédios históricos para construirem um supermercado.

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Nas minhas andanças, observei que as cidades do interior de SP crescem de modo parecido, algumas com belíssimo patrimônio histórico às moscas, Quanto ao meio ambiente é um descaso só, Estado mais industrializado do Brasil deveria sair na frente em questões ambientais, ter mais cuidado, há dinheiro para isso, mas não é bem o que acontece. Uma pena! Perdemos a melhor parte.

    Resposta

  2. Olha um bom texto de um amigo meu que vai nesse sentido http://gizmodo.uol.com.br/giz-explica-agua-sistema-cantareira/

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: