A sessão de autógrafos de “Os rebeldes: Geração Beat e anarquismo místico”

Dia 03 de julho, quinta feira, na Livraria Martins Fontes. Agradeço retransmissão e demais modos de divulgação.

Dia 03 de julho, quinta feira, na Livraria Martins Fontes. Agradeço retransmissão e demais modos de divulgação.


Os rebeldes: Geração Beat e anarquismo místico é um guia de leitura para quem quiser saber mais sobre autores beat e seus antecessores. Trata de temas fascinantes, como as rebeliões religiosas e manifestações de anarquismo místico ao longo da história, e suas sincronias com a contracultura e rebeliões contemporâneas. O ponto de partida, a frase de Jack Kerouac em Visões de Cody. “Tudo me pertence, porque eu sou pobre”. É comparada a observações do historiador Norman Cohn sobre os anarquismos místicos medievais como o Espírito Livre: “a pobreza, propriamente observada, abolia todo pecado; daí seguia-se que os pobres podiam, por exemplo, fornicar sem pecado.” E mais: “uma expressão dessa atitude era ainda um erotismo promíscuo e misticamente colorido […] pois para os ‘sutis em espírito’ a relação sexual não pode, em quaisquer circunstâncias, ser pecaminosa.”
Além desses paralelos de capítulos da história ainda pouco estudados com o pluralismo beat, o ensaio é sobre valor literário e substância filosófica em Allen Ginsberg, Michael McClure, Gregory Corso, Gary Snyder; em William Burroughs; e especialmente em Kerouac, autor ainda controvertido, apesar do crescimento da bibliografia sobre ele. É também sobre política; sobre a crítica beat, mostrando como Ginsberg e seus amigos anteciparam, lucidamente, temas de um debate contemporâneo. Daí o crescimento dos leitores e das edições, ensaios e adaptações, atestando sua importância.

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Quando há Os Rebeldes em Belo Horizonte ou Rio de Janeiro?

    Responder

  2. Quando acontecerá o lançamento no Rio de Janeiro?

    Responder

  3. logo, espero

    Responder

  4. Oi Willer! Realmente faz tempo que não recebia anúncios da sua escrita rebelde. Fico feliz pelo lançamento deste novo livro. Que venha mais! Mais informes, mais anarquismo, mais…
    Saudades dos tempos de SMC, com vc.
    Abraços
    Soraya Gazal

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: