Kátia Abreu, ministra do Desmatamento, aliás, da Agricultura.

10613016_10152294770942543_9072480176988613311_n(adicionei imagem, fotografia do desmatamento na Amazônia veiculada pelo Greenpeace)
Aberração.
Achava que seria especulação, maledicência de jornalistas contrários ao PT, mas não, é verdade:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/11/1551453-katia-abreu-sera-a-nova-ministra-da-agricultura.shtml
Irresponsabilidade.
Kátia Abreu, líder ruralista linha dura, senadora pelo PMDB de Tocantins, era do PFL antes de integrar a bancada governista, ou melhor, antes do governo integrar a bancada ruralista. Tem publicado artigos na Folha de São Paulo sustentando que ambientalismo é conspiração estrangeira, para enfraquecer o agronegógio brasileiro (amostra a seguir, ao final deste post). Travou ao máximo a aprovação do Código Florestal – empenhou-se em piorá-lo. Sustenta que índios têm terras demais no Brasil.
Não percebe – não quer perceber – que o prejuízo decorrente da devastação e consequente desequilíbrio climático é muito maior do que a perda de receita do agronegócio por terem que desmatar menos e recompor algo.
Defende também, energicamente, parar com demarcações de terras indígenas.
Governo Dilma acaba, infelizmente, de oferecer demonstração cabal de que sempre é possível piorar.
Adeus, matas ciliares. Adeus, nascentes. Adeus, reservas naturais. Adeus, povos indígenas. Adeus, Brasil – sobrará pouco.
Essa nomeação é uma ofensa frontal a todas as pessoas conscientes, preocupadas com a preservação da natureza neste país. Ou melhor: com a preservação deste país. Durante o governo Medici, ambientalismo era considerado obstáculo ao desenvolvimento econômico. Volta a ser.
Qual será a credibilidade do Brasil ao apresentar metas de redução de carbono na atmosfera? (aliás, nossas emissões vêm aumentando, mesmo sem Kátia Abreu como ministra)
Outra pergunta: aquela distinção clássica em política, entre direita e esquerda, como é que fica? Onde foi parar? Atual governo operou a grande síntese? Ou apenas deu um show de hipocrisia?
Em tempo: havia postado em setembro de 2013:
https://claudiowiller.wordpress.com/2013/09/07/ruralistas-indios-e-teorias-conspiratorias/?relatedposts_hit=1&relatedposts_origin=2296&relatedposts_position=1

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Posted by cmusilli on 21/11/2014 at 17:41

    Tudo indicava que seria assim, desde a campanha eleitoral. Logo após a vitória da Dilma fiz um post com ela e Kátia Abreu cantando a bola. E os eleitores “ideológicos” enchiam a boca para falar da esquerda. Que ex-querda???

    Resposta

  2. gostei da expressão ex-querda

    Resposta

  3. Posted by Carlos Figueiredo on 24/11/2014 at 10:19

    Realmente engraçado é ler as justificativas dos ex-querdas, defendendo a indicação. Fosse só uma. Veio de cambulhada. Proprietários rurais, burgueses industriais, banqueiros ortodoxos e um Goebells na propaganda. O demiurgo exagerou na dose.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: