Mário de Andrade, uma carta e dois parágrafos

200px-Mario_de_andrade_1928b

De duas uma: ou se faz biografia, ou não se faz. Na primeira hipótese, obviamente tem que constar a verdade. Os que defendem a exclusão da informação biográfica dos estudos literários querem uma crítica asséptica, higienizada, reducionista, cientificista, em suma, insipidamente neutra. O “recorte” do texto, recomendado em nossos cursos de Letras, é uma tentativa de burocratizar a literatura, separando-a da vida. Minha identificação com os beats e surreais é, justamente, por haverem promovido, de modos diferentes em cada caso, a confusão entre as duas esferas, da criação e da vida – assim como já o haviam feito alguns românticos e outros rebeldes. Cabeças de quem defende o “recorte” e a conseqüente interdição de informações sobre a vida de Mário de Andrade pararam no tempo – e há muito tempo… Para quem tem dúvidas a respeito, recomendo a leitura desse trabalho exemplar que é Federico García Lorca: uma biografia de Ian Gibson (editora Globo). Pesquisou tudo: atuação pública, casos com rapazes, as circunstâncias do assassinato. E comentou a obra. Deslocou Poeta em Nova York para o centro da criação lorqueana. Merecerá Mário de Andrade um Ian Gibson? Há condições para uma recuperação de informação biográfica dessa envergadura? Lá, o obstáculo eram os fascistas e os católicos tradicionalistas. Aqui, são os especialistas na matéria, professores de literatura. Entender os rumos tomados pelo modernismo brasileiro requer o exame das ambivalências de Mário de Andrade, do modo como, nele, se enfrentavam um inovador e um moralista católico. Acho que estudiosos, especialistas no assunto, estão nos devendo. (Ia escrever sobre Venezuela. Estive lá, em 2006 no Festival Mundial de Poesia. Visitei Barinas, terra natal de Hugo Chávez. Comentei com Floriano Martins que, quando baixassem as cotações de petróleo, seria o caos. Tratarei disso na próxima semana.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: