Curso Surrealismo: uma poética do delírio em Londrina

 Hopi 4 photo_1365759968664-2-0

ONDE: Campus da UEL, Universidade de Londrina, PR, Sala 101 do CLCH –

QUANDO: Dias 21 e 22 de agosto, sexta feira e sábado. HORÁRIOS: 21-08, sexta-feira, das 19h às 23h; 22-08, sábado, das 8h às 12h e das 14h às 18h, sala 101.

INSCRIÇÕES de 10 a 19 de agosto 2015, pelo site da UEL (Proex, Divisão de Eventos). Valor: R$ 10,00. PÚBLICO ALVO: alunos de graduação e pós-graduação em Letras, Artes, História, Filosofia, Sociologia, Educação e Áreas afins; demais interessados. Haverá emissão de certificados para comparecimento integral. PROMOÇÃO: Programa de Pós-Graduação em Letras.

Iniciativa da professora Marta Dantas, autora de um belo ensaio sobre Nadja de André Breton e um substancioso livro sobre Arthur Bispo do Rosário, entre outras contribuições relevantes. Já dei minicurso sobre Geração Beat na UEL em 2009, também convidado por ela. Desta vez, será aproveitando a viagem para ser banca da tese sobre Kerouac de Gabriel Pinezi – pelo que tenho visto, inclusive na ocasião anterior em que fui banca, da tese de Ricardo Mendes Mattos sobre Piva no IP da USP, entre outras, a inteligência brasileira vêm se expressando através de trabalhos acadêmicos substanciosos e originais.

Ilustrei o post com uma das máscaras dos índios Hopi que fascinavam Breton. Do mesmo modo como no curso recente que dei na Cia. Corpos Nômades, eu me apoiarei em imagens, tratando de poesia e da relação de surrealismo e cidade, objetos surrealistas, outras culturas e o mundo mítico. Agradeço retransmissão e outros modos de divulgação.

Preparei uma ementa:

O tema “poética do delírio” será abordado através de dois ensaios de André Breton, “Le méssage automatique” e “Situação surrealista do objeto”, além do que está em meu ensaio “Surrealismo e filosofia”: os três, tratando do confronto de subjetividade e objetividade. Serão examinados os modos de confusão das duas instâncias, subjetividade e objetividade, na criação poética, e também nas artes visuais, cinema, arquitetura. E na própria vida, através da errância ou disponibilidade; do sonho; das aproximações a outras culturas e sociedades; dos encontros e da categoria criada por Breton, o acaso objetivo. Os tópicos serão ilustrados através da exibição de material audiovisual, além das leituras de textos. Conseqüentemente, o curso poderá interessar a estudantes, pesquisadores e outros interessados não só da área de literatura, porém de artes visuais, cinema, filosofia e antropologia.

Vou me apoiar bastante em dois livros maravilhosos: Le Surrealisme et le Rêve de Sarane Alexandrian (livro dele sobre surrealismo e artes visuais também é ótimo), e Le Miroir du Merveilleux de Pierre Mabille. Textos sugeridos para leitura prévia, da minha página no Academia.edu, https://independent.academia.edu/ClaudioWiller :

https://www.academia.edu/…/A_PROP%C3%93SITO_DO_SURREALISMO_…

https://www.academia.edu/…/MAGIA_POESIA_E_REALIDADE_O_ACASO…

https://www.academia.edu/6542…/Sobre_surrealismo_e_filosofia

E do meu blog: https://claudiowiller.wordpress.com/2012/02/09/andre-breton-pierre-mabille-haiti-vodu/

Em breve haverá mais, inclusive um curso como este, mas com oito sessões, na Unicamp.  Agradeço divulgarem, propagarem, difundirem, fazerem circular a informação

Anúncios

One response to this post.

  1. Agradeço imensamente pelo elogio, Willer. Ansioso pelo curso e pela banca.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: