Leitura de fim de ano:

Claudio Willer

A queda do céu – Palavras de um xamã yanomami, por Davi Kopenawa e Bruce Albert. Companhia das Letras, 2015.

1312079-250x250

São 730 páginas de depoimento: cosmogonia, biografia, relato da resistência de um povo indígena, através de um de seus líderes, com a colaboração ativa de um antropólogo.

Informe sobre o livro:

http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=12959

Trechos:

http://www.companhiadasletras.com.br/trechos/12959.pdf

“Gostaria que os brancos parassem de pensar que nossa floresta é morta e que ela foi posta lá à toa”, clama Kopenawa. Vou seguindo em frente na leitura, e reparando na sincronia de mitos. Quer dizer que a primeira tentativa de criar o mundo por Omama falhou? Mas isso também não está no colossal Popol Vuh dos quiché, a criação por tentativa e erro até dar certo? Dois irmãos antagônicos, Omama e Ioasi, regendo o mundo? Mas não é a história de Ormuz e Ahriman iranianos? Da fraternidade de Satanael e Cristo dos bogomilos?…

Ver o post original 237 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: