Posts Tagged ‘Paranóia de Piva’

“Paranóia” de Roberto Piva e Wesley Duke Lee: a metrópole revisitada

10

No evento programado para este sábado à noite, dia 26 – a mesa que faz parte da Balada Literária e ocorrerá no Estudio Lâmina – voltarei a tratar de Paranóia. Direi algo sobre a poesia de Piva e a contribuição desse artista enorme, Wesley. Relatarei episódios que ninguém conhece – por exemplo, a gênese da foto que escolhi para ilustrar este post, uma das que estão no revolucionário poema de Piva. Estarei em companhia de ótimos interlocutores.

O evento: Vanderley Mendonça e Gabriel Kolyniak  conversam com Claudio Willer , Gustavo Benini e Roberto Bicelli, numa homenagem ao poeta Roberto Piva

Onde: Estúdio Lâmina. Avenida São João, 108 – 4o andar. Quando: Dia 26 de novembro, sábado, a partir das 20h

Em tempo: Haverá publicações de Piva e outras boas surpresas. A manifestação faz parte das atividades pela criação da Biblioteca de Roberto Piva. E o ativo Gabriel Kolyniak da editora Córrego confirma que também haverá livros de poesia meus – A verdadeira história do século 20 e Estranhas experiências – em oferta e a preços promocionais.

A programação completa da Balada Literária está aqui: http://baladaliteraria.com.br/programacao/

Anúncios

Boa notícia: minha palestra sobre a colaboração de Roberto Piva e Wesley Duke Lee em Paranóia disponível no meio digital

roberto_pivacpp

01

Está em https://vimeo.com/111753715

Foi em maio de 2014, no MIS, na mesa “Livros proibidos” do III Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia no MIS, organizado por Iatã Cannabrava / Estudio Madalena.

Gravação de qualidade, nítida. Falei durante 43 minutos: acho que enriquecerá a leitura de Paranóia, além da oportunidade de dizer algo sobre Wesley. Revelei uns segredos adicionais, ao final. Sou seguido por Thiago de Mello, que tratou de outra obra seminal, o livro sobre os Yanomami de Claudia Andujar. Quem me avisou do vídeo estar on line foi Mariana Outeiro, que prepara dissertação sobre essa parceria Wesley – Piva.

Curtam.

(meu próximo post será sobre o festival de cinema beat em Brasilia, no qual darei palestra)

Falarei sobre Wesley Duke Lee, Roberto Piva e Paranóia em encontro no MIS

Será este sábado, dia 24 de maio. Das 18 h às 19:30.
Durante o III Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia
Na mesa “livros proibidos”, junto com o poeta Thiago de Melo, que tratará do importantíssimo Yanomami de Claudia Andujar, que também teve a participação de Darcy Ribeiro. Coordenação de Rubens Fernandes.
Ocasião para tratar desse grande artista que foi Wesley Duke Lee, relatar a relação dele com Piva e como foi criado Paranóia. Exibirei imagens e comentarei.
Vejamos quem saberá responder a esta pergunta: qual foi a conexão, o elo de ligação entre essas duas obras notáveis, Paranóia e Yanomami?
Lembrando, o MIS, Museu da Imagem e do Som, órgão da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, fica à Avenida Europa, 158 – Pinheiros (estranho, pensava que fosse Jardim Europa), São Paulo – SP, 01449-000
tel. (11) 2117-4777 .
Pode inscrições e certificados. A programação completa do Encontro (enorme, muita coisa interessante), através deste link:
http://www.mis-sp.org.br/icox/icox.php?mdl=mis&op=programacao_interna&id_event=1529

“Os dentes da memória” e “Paranóia”

Apenas para relembrar:

Dia 05 de agosto, sexta-feira próxima, das 19:00 h até as 22 h, lançamento na Livraria da Vila da Alameda Lorena, n. 1731, Jardins, do livro de entrevistas “Os Dentes da Memória – Piva, Willer, Franceschi, Bicelli e Uma Trajetória Paulista de Poesia” (azougue editorial) com autógrafos das autoras Camila Hungria e Renata D’Elia, além dos poetas Claudio Willer, Antonio Fernando de Franceschi e Roberto Bicelli. Estarei lá, portanto; desta vez fazendo cara de personagem.

Dias 05, 06 e 07 de agosto, sexta-feira, sábado e domingo, a Companhia de Danças de Diadema, dirigida por Ana Bottosso,  apresenta PARANÓIA, balé inspirado na obra homônima de Roberto Piva,  no SESC Vila Mariana. SESC Vila Mariana Rua Pelotas, 141 Vila Mariana São Paulo – SP. Na sexta-feira e sábado, o espetáculo será às 21 h. Irei na sexta – e Renata d’Elia anuncia, no Facebook, que distribuirá convites do balé durante o lançamento do livro.  Irei no sábado.

Mais informações sobre o elogiado espetáculo da Companhia de Danças de Diadema através destes links:

http://www.dancabrasil.com.br/public_html/principal.php?valor=noticia&var=4871

http://www.artistaseartes.com.br/sub_paginas.php?pagina=33645&menu=127

http://www.sescsp.org.br/sesc/programa_new/mostra_detalhe.cfm?programacao_id=200081

Venham.